Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Blog

PORQUE VOCÊ NÃO DEVE FAZER UM SAFARI NO KRUGGER PARK

Aide Stürmer
Escrito por Aide Stürmer em fevereiro 8, 2022
PORQUE VOCÊ NÃO DEVE FAZER UM SAFARI NO KRUGGER PARK
Junte-se a mais de X pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade


O Krugger Park é um dos maiores e melhores parques no mundo para fazer safaris fotográficos! Habitat natural de vários animais como rinocerontes, girafas, leopardos, zebras, além de uma flora espetacular. Então qualquer viagem para a África do Sul deveria incluir uma visita ao parque? A minha resposta é NÃO. A África do Sul é um pais com uma estrutura turística surpreendente e com várias opções de game drives ou safaris fotográficos, em parques lindos com muitos animais e natureza exuberante bem longe da região do  Krugger. Separei 5 motivos para você não fazer safari no Krugger Park e ter uma experiencia fantástica e surpreendente na África do Sul:

Você não deve fazer um safari no Kugger se:

1 – TEM MENOS DE TRÊS DIAS PARA CONHECER O PARQUE

O Krugger Park tem uma área de quase dois milhões de hectares, é um parque gigantesco, do tamanho de muitos estados brasileiros. Os animais vivem livremente no parque (o que é certíssimo) e por este motivo, mesmo fazendo um safari de várias horas, muitas vezes não vemos nenhum animal. Se o seu tempo for curto e não tiver tempo para muitos safaris, talvez a visita seja bastante frustrante. Os parques da região do Cabo Oriental são menores e é certo que em uma safari veremos muitos animais na sua vida selvagem. Com dois dias de permanência serão várias experiencias de contato com animais.


2 – NÃO QUER PERDER TEMPO EM VÔOS OU LONGAS DISTANCIAS DE CARRO

Para chegar ao parque é necessário um voo para um dos três aeroportos de entrada no parque ou prepare-se para uma longa viagem de 500 km de Johannesburgo até a entrada do parque. A região do Cabo Oriental tem fácil acesso a partir de Port Elisabeth e pode ser incluída como uma extensão, feito de carro após visitar a Rota dos Jardins.


3 – NÃO QUER TOMAR REMÉDIO PARA MALÁRIA

O parque é uma aérea com risco de malária, por este motivo recomenda-se tomar medicação contra a doença antes de visitar o parque, especialmente em certas épocas do ano. Existe muitas controvérsias sobre tomar ou não a medicação, pois para algumas pessoas o remédio pode dar efeitos colaterais desagradáveis. A região do Cabo Oriental é totalmente livre de malária e não é necessário nenhuma medicação.


4 – GOSTA DE ACOMODAÇÕES DE LUXO ACESSÍVEIS

O Krugger Park é enorme e existem várias opções de hospedagem dentro e fora do parque. Como é necessário ficar vários dias para poder ver mais animais, acaba-se escolhendo acomodações mais simples ou até mesmo acampamentos onde se pode guiar com o próprio carro pelo parque. Se você prefere um pouco mais de conforto e uma experiência de luxo bastante acessível, a região do Cabo Oriental tem resorts de luxo a preços que não seriam possíveis em outros lugares do mundo.


5 – QUER VER PELO MENOS TRÊS DOS BIG FIVE (OS ANIMAIS MAIS PROCURADOS NOS SAFARIS)

 Como falei antes, o Kruger Park é gigante e é bem difícil ver animais, principalmente os Big Five nos safaris por lá. Para ter sucesso, são necessários vários dias e ótimos rangers. Como a área dos resorts do Cabo Oriental são bem menores que o Krugger (mesmo assim enormes!) os game rangers ou guias de safari, conhecem os hábitos dos animais e sabem onde encontrá-los. Você nunca sairá frustrado de um safari nestes resorts. Eu nunca fiz um safari nestes parques sem ver pelo menos 3 ou até 4 Big Five.


A conclusão é que uma experiência completa na África do Sul,  deve incluir a Cidade do Cabo e a Rota dos Jardins de onde é possível seguir por via terrestre até a região do Cabo Oriental onde uma variedade de resorts de selva nos recebem para uma experiência realmente incrível. Se para você o que mais importa é a comodidade , uma experiência agradável e não está disposto a grandes aventuras para ter contato com os grandes animais, com certeza a região do Cabo Oriental será sua melhor opção.

Aidê Stürmer Paralelo 30 Turismo

QUER CONHECER MAIS SOBRE NOSSO ROTEIRO ÁFRICA DO SUL COMPLETA?

ENTÃO CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.